16 junho 2013

1º SERDEPAZ- Seminário Regional de Educação para a Paz!





Foi realizado neste dia 14  de junho, num movimento impontante de parceria e colaboração o 1º SERDEPAZ

Seminário Regional de Educação para a Paz
Participaram no Cine Teatro Valéria Luercy, mais de 110 pessoas do Seminário promovido pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente - CMDCA de Jaguariaíva, com o Apoio da Vereadora Sandra Negrini, Prefeitura Municipal de Jaguariaíva, Núcleo Regional de Educação de Wenceslau Braz, ULT - Fajar. 
O Seminário contou com participantes das Escolas Estaduais de Jaguariaíva, Sengés, Arapoti Salto do Itararé, Escolas Municipais de Jaguariaíva, Conselho Tutelar de Jaguaraíva,  Secretário do Desenvolvimento Social Francislei Baitala e a equipe que faz desta Secretaria como CREAS, CRAS.
O Seminário contou também com a presença do Secretário Municipal Educação  de Ipiranga e várias pessoas da Equipe do Departamento de Educação de Ipiranga, bem como membros do Comitê de Enfrentamento a Violência contra a Criança e Adolescente.
Enfim, este evento de tão grande importância para o Município de Jaguariaíva e região envolveu Professores e Diretores de Escolas Estaduais e Municipais, membro de diversos Conselhos, Secretários Municipais de Jaguariaíva e outros Municípios, Assistentes Sociais em prol da aplicabilidade da não violência em nosso meio, seja na escola, na casa, no bairro, na cidade enfim. 

O Palestrante Nei Alberto Salles Filho - Coordenador do Núcleo de Educação para a Paz - Nep/UEPG, cativou os presentes e conseguiu, com certeza semear a  ideia de que nossas cidades podem se transformar em cidades Educadoras. 










Cultura de Paz




Respeitar a vida e a diversidade, rejeitar a violência, ouvir o outro para compreendê-lo, preservar o planeta, redescobrir a solidariedade, buscar equilíbrio nas relações de gênero e étnicas, fortalecer a democracia e os direitos humanos. Tudo isso faz parte da Cultura de Paz.




Mas é importante ressaltar que a Cultura de Paz não significa a ausência de conflitos, mas sim a busca por solucioná-los através do diálogo, do entendimento e do respeito a diferença. A Cultura de Paz possui valores que pretendem humanizar a humanidade, em que o SER é maior do que o TER.




Toda e qualquer ação cultural que seja fundamentada em uma atitude de compreensão é, em si mesma, um exercício de aceitação da diversidade cultural. Por isso, a disseminação dos valores da Cultura de Paz é imprescindível para que a sociedade possa construir um novo paradigma de desenvolvimento. A Cultura de Paz é a alma do reencantamento do mundo, sem ela não haverá mudanças substanciais, equilíbrio planetário e mundos poeticamente habitáveis.



Obrigada por partilhar conosco professor Nei!

FOTOS - 1º SERDEPAZ


























































Nenhum comentário:

Postar um comentário