14 maio 2013

Governo do Paraná renova mobiliário de 60% das escolas



Em apenas três anos, o Governo do Paraná vai concluir a renovação o mobiliário de 60% das escolas estaduais. Até dezembro, serão entregues as remessas que somam 170 mil jogos de carteiras e cadeiras. Desde 2011, estão sendo investidos R$ 24 milhões para aquisição de móveis, como conjuntos escolares e equipamentos para as cozinhas.

A renovação do mobiliário escolar era necessária desde 2007. “Nunca, em tão pouco tempo, as escolas estaduais receberam essa quantidade de mobiliário. Em pouco mais de dois anos fizemos o que algumas gestões levaram oito anos para fazer, ou mesmo deixaram a lição para os outros”, afirma o governador Beto Richa.

Entre 2011 e 2013, o Governo do Estado entregou para as escolas estaduais quase a mesma quantidade de carteiras e cadeiras que o repassado nos oitos anos anteriores. “Em dois anos, renovamos 25% de conjuntos escolares, melhorando o conforto dos estudantes. Estamos prevendo para este ano adquirir mais 100 conjuntos escolares”, disse o secretário de Estado da Educação e vice-governador, Flávio Arns.

Quanto assumiu a Secretaria, Arns encontrou a unidade sem verbas para investimentos. Por conta da falta de recursos, foram adquiridos pouco mais de 10 mil carteiras e cadeiras, número que aumentou oito vezes nos anos seguintes.

ENTREGA – Os equipamentos são entregues por etapa, diretamente nas escolas. Até o fim do ano, a previsão é entregar em todo o Estado mais de 21 mil mesas, carteiras, carteiras, banquetas para laboratórios de ciências e estantes em aço. O pacote conta ainda com carteiras para alunos cadeirantes.

O Colégio Estadual Abílio Lourenço dos Santos, em Fazenda Rio Grande, região metropolitana de Curitiba, recebeu 800 novos conjuntos de carteiras escolares. “Todo lote que chega é acompanhado pelos alunos, que nos ajudam a recolher o mobiliário e colocá-lo no lugar certo. É uma forma de despertar a consciência de que tudo que está aqui é para eles e da importância de ter uma escola com equipamentos novos”, diz a diretora Maria Margaret Seleski.

Até junho, serão investidos quase R$ 8 milhões na compra de mobiliários. Para o próximo semestre, serão mais R$ 12 milhões, com equipamentos para cozinha, como fornos e fogões para ajudar no preparo da alimentação escolar. “O investimento do Governo nas escolas é importante e sentimos estes benefícios no cotidiano. Melhora o visual e os alunos ficam felizes e valorizam mais a escola”, avalia a diretora Enilza Champam do Colégio Estadual Coronel Luiz dos Santos, em Apucarana.

Renovação de Carteiras e Cadeiras: 
AnoQuantidade
20099.530
201046.484
201110.477
201280.000
201379.323
Percentual de renovação de equipamentos escolares em dois anos:
Móveis/objetosPercentual
Carteiras/cadeiras25%
Freezers65% (100% até o final do ano)
Kit Merenda Escolar (pratos, talheres e canecas)33%
Refrigeradores60% (100% até o final do ano)
Mesas para professores50%

Nenhum comentário:

Postar um comentário